sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

POEIRA DE ESTRELAS

O CARTEIRO DE PABLO NERUDA (Il Postino)
1994
REALIZAÇÃO - Michael Radford
MÚSICA ORIGINAL - Luis Enriquez Bacalov

Com Philippe Noiret no papel do Poeta, Maria Grazia Cocinotta dando vida à beldade local e Massimo Troisi, o inesquecível "postino" .

Massimo Troisi, que sofria de uma doença congénita do foro cardíaco, não conseguia filmar mais de uma hora por dia.
Singularmente, interpretou a sua última cena, foi para casa, deitou-se e morreu tranquilo, durante o sono.
Tinha apenas 41 anos.

De tempos a tempos, gosto de rever este "Postino".

BOM FIM DE SEMANA

***********************************

19 comentários:

salvoconduto disse...

Ainda há pouco tempo o revi e foi através da tv, quando se está numa daquelas de zapping. Uma delícia aquele carteiro enamorado.

ad&vinho disse...

Ah, os carteiros, esses mensageiros românticos!!!
Conheço um que se reformou recentemente e que é um amor de pessoa.
Oxalá "tanha" uma reforma tranquila.
Mas cheira-me que se vai inscrever nas novas oportunidades.
Há qualquer coisa no ar...

bruxo disse...

Ora bolas, como é que se tira aquele amp;?

Cris Caetano disse...

Eu não vi esse filme, acreditas? Vou ver se o encontro no video clube pra assistí-lo no fim de semana.
Beijinhos

Duarte disse...

"Me encantan tus comentarios..."
Bom fim de semana.

Beijos

Ana disse...

Salvo:
Vejo que praticas esse aliciante desporto masculino que dá pelo nome de zapping:))))
Volta e meia também dou por mim a carregar furiosamente no botãozinho, a maior parte das vezes sem resultados animadores.
Filmes, então, é o azar completo, salvando-se a RTP2 (às vezes...)
Abraço

Ana disse...

Ad&vinho:
A reforma pode ser uma frustração para quem aprecia uma vida activa.
Calculo que isso aconteça com grande parte dos carteiros, habituados que estavam a entregar as mais variadas correspondências, encomendas, avisos...
Será provavelmente o caso desse seu conhecido.
Saúda-se e apoia-se a intenção de aproveitar essa bela iniciativa do nosso amado primeiro ministro.
Ficamos de orelha no ar.

___________________________________
Bruxo:
Eu só pergunto porque é que o "amp" anda, nesse teclado, agarrado ao &?
Que estranha aliança será essa?

Olhe, caso as "novas oportunidades" forneçam um Magalhães de segunda geração ao vosso reformado amigo, tentem que ele aceite uma troca.

Está-me cá a parecer que os senhores também estão a precisar de uma actualização no curso de bruxaria.
Então as vossa bolas de cristal não adivinham a solução para a tecla maluca?
Às tantas, precisam de pilhas novas.
Essas podem ser made in china, logo, não duram como as duracell do coelhinho.

Ana disse...

Duarte:
"Vale, vale!"
Não vi se por aí também está tudo coberto de neve.
Meia Espanha está.

Abraço

Ana disse...

Cris:
Distraí-me e passei o Duarte à tua frente...
Desculpa.

Se não viste o filme, aconselho-te a fazê-lo quando puderes.
É um encanto.
Interpretações excelentes e música lindíssima.

Beijinho e bom fim de semana

Ze_Cuscopos disse...

Cara vizinha Ana,

Escolha irrepreensível, como é habitual.

E fico muito contente em saber que alguém quer fazer uso, finalmente, das Novas Oportunidades!

Espero que esteja para breve.

Só me apetece exclamar, alto e a bom som: &ampyyyyyyyy!!!!!

À Sua!!!

Hic Hic Hurra

Ana disse...

Caro Zé:
Neste caso, good news travel fast...e ainda bem.
"&ampyyyyy" é gemial!
Porque vocês são realmente almas gémeas.
:))))))

À vossa!

Maria disse...

Comovo-me sempre que vejo este filme... tanto com o Pablo como com o "postino"...

Beijinhos

Cris Caetano disse...

Mas que falta de sorte a minha, chego atrasada e não sei do post que foi censurado... aliás, vi que houve o tal post porque sou tua fiel seguidora. Que pena...

Beijinhos

Ana disse...

Maria:
Eu sorrio e comovo-me...
Sempre.

Beijinho

Ana disse...

Cris:
Foi um tanto estúpido...
Ontem á noite pus aqui um post contra a nossa Justiça, a propósito do "caso Esmeralda", não sei se sabes do que se trata.
Entretanto, de manhã, houve um programa de televisão, juntamente com a leitura dumas notícias de jornais online, que me tiraram algumas das minhas "certezas".
A isso, juntou-se um post do Luís sobre a manipulação que os media fazem das notícias que nos passam.
Fiz marcha atrás e apaguei o post.
Não me sinto em posição de criticar factos que me foram transmitidos de forma distorcida.

A seguir, achei que a auto-crítica também estava um tanto cretina...
E também foi à viola:)))

Espero estar mais inspirada amanhã...

Beijinho

maroto disse...

Sugiro que comprem o CD com a música do filme. É uma beleza.
De resto, convém lembrar que Philippe Noiret é um actor excepcional. Só é pena não se exprimir em francês, pois só assim atinge a plenitude do seu talento.
No "Cinema Paraíso" tem outro notável desempenho.
Já agora, a Cris Caetano não é prima do Cris Teano, não?

Cris Caetano disse...

Sei do que se trata. Então que venha um novo post. ;)

Beijinhos

Ana disse...

Maroto:
O CD caíu cá em casa assim que entrou no mercado, já lá vão uns anitos.
Quanto à minha amiga Cris, nada me consta sobre esse parentesco.
Ou já teria embandeirado em arco, mesmo vivendo no Brasil...
Pode fazer-lhe uma visitinha lá no "Núvens" e fazer a pergunta directamente...
Vai ver que não se arrepende.

Abraço

Ana disse...

Cris:
Respondi por ti, a um maroto visitante, mas a última palavra é tua...
Pensava fazer outro post ainda hoje mas tenho netos em casa e pouco sossego.
A ver vamos, como diz o cego:))))

Beijinho