segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

BOLAS DE NATAL

Não faço a menor ideia de quem, na CML, é o responsável pelo pelouro que se ocupa da decoração natalícia dos espaços nobres da cidade.
Mas quando, rumo à baixa em noite chuvosa, deparei com as primeiras bolas mastodônticas da TMN,
.
a "decorar" o Marquês de Pombal e outras (muitas outras), apoiadas sobre toscos e avantajados cepos, ocupando o Terreiro do Paço, tive a intuição de que o tal responsável só pode ser um dos mesmos brutinhos que decidiram tapar com contentores parte da nossa zona ribeirinha.
Calculo que a receita obtida com o aluguer do espaço dê jeito, partindo do princípio de que a TMN não vai dar o calote à Câmara, coisa com que já ninguém se admiraria.

Entre o Marquês e o rio, a Santa Casa da Misericórdia resolveu acampar ali em pleno Rossio, entre mamarrachos vários de um mau gosto desolador.
Tudo muito escuro, muito soturno, que a luz está pela hora da morte.
E foram aqueles senhores tão lestos a retirar a "pirosa" bandeira do Parque Eduardo VII...

Ora bolas, que antes eu não tivesse saído de casa!


***********************************

18 comentários:

Maria disse...

Pode ser o DAG - Departamentamento de Administração Geral...
:)))
Digo eu, que sei muito pouco...

Já tinha visto as BOLAS, mas nem tinha percebido muito bem...
:)))

Beijinho, Ana

salvoconduto disse...

Cruzes! Pelas fotos dá para perceber os mamarrachos!
Quem seria o iluminado?

A. João Soares disse...

Cara Ana,
Não se pode esperar beleza e sensibilidade de pessoas que apenas pensam em dinheiro e nas formas de atraírem o pouco que ainda existe nos bolsos do povo. Esse pouco já tem, demasiados interessados, começando pelos cobradores de impostos que precisam dele para entregarem nas mãos dos banqueiros seus amigos. Assim vai Portugal!
Beijos
João

Cris Caetano disse...

A Câmara demitiu os arquitetos? Ninguém deu palpite? Que publicidade horrorosa.

Beijinhos

re-accionário do BPN disse...

Natal é tempo de negócio, infelizmente, e tudo serve. Phone-ix!!!
Pior é o fim do ano, com gastos faraónicos em fogo de artifício, piroseira com barbas maiores do que as do Pai Natal.
Tanto desperdício, senhores!
Depois a televisão mostra um jantar de meia dúzia de sem-abrigo e ficamos todos muito contentes. Resta-nos o Campo Pequeno enfeitado com as cores garridas do PC, o mesmo Campo que teria sido Pequeno para as faenas que o camarada Otelo queria lá fazer.
Santas festas, festas bravas!

Luis Eme disse...

ai anda dedo do Zé... mas é no poupar que está o ganho.

abraço Ana

Ana disse...

Maria:
Sempre sabes mais do que eu, que nunca lá entrei...
Seja lá quem for, fez um bonito serviço.

Beijinho

Ana disse...

Salvoconduto:
Estou em crer que, lá pela CML, "iluminados" serão aos montes.
Mas quando vêm cá para fora, projectam mais sombras do que luz.

Abraço

Ana disse...

A.João Soares:
Eu, em vez de empregar o termo "atraírem", optaria antes por "sacarem".
Já que a coisa é feita, muitas vezes com uma certa violência.
Resultados práticos do saque é que nunca os vemos.
A cidade permanece suja, os vidrões a abarrotar, os carros continuando em cima dos passeios, as grelhas de escoamento de águas pluviais completamente tapadas com folhas e detritos, os traços nas passadeiras de peões quase imperceptíveis...
Uma tristeza.
E é isto a capital do país.

Um abraço

Ana disse...

Cris:
Nesta nossa "prefeitura" (como dizem aí...), fala-se muito, gasta-se imenso e depois só vemos borradas.
Falando nisso, é como se encontram as paredes e muros da cidade:)
A Câmara diz que é com a Junta de Freguesia, esta desculpa-se com a Câmara e andamos nisto.

Beijinho e bem vinda!

Duarte disse...

Quanta razão tens!
A urbe deve ser una continuação da nossa casa donde o passear seja prazenteiro...
Farão o mesmo nas suas casas?

Um forte abraço querida amiga

Ana disse...

Re-accionário do BPN:
Já vejo que não gosta da concorrência, a ver pela propaganda a essa jóia dos CTT...
Também, entre esses e a TMN, venha o diabo e escolha.

Falando em pirotecnias, lá pelas suas bandas (do sul) é que a Câmara nunca deixa os seus créditos por mãos alheias.
Foguetório, então, nem se fala:)
*****-**(serviço dos CTT)!!!

Devo fazer-lhe notar que o Campo Pequeno, este fim de semana, esteve com muitos enfeites vermelhos, mas disseram-me que aquilo era tudo por causa do Natal.
Não teve nada a ver com festa brava.
Até me parece que saíu dali uma proposta para a canonização duma nova santa: a Santa Odete (ó Maria, não te zangues).
Mas eu, de canonizações e isso, percebo pouco ou nada.

Abraço

Ana disse...

Ai Luís, Luís.
E eu que aprecio TANTO esse senhor!
É verdade que o nome dele me andou sempre debaixo da língua, mas consegui resistir à tentação...

Olha que o ganho seria maior se começassem logo por poupar no mau gosto!

Abraço

Ana disse...

Duarte:
Provavelmente, nas ruas DELES, anda tudo num brinquinho...
Quando morou aqui perto um indivíduo da Junta de Freguesia, a limpeza fazia-se como deve ser.
Foi-se embora, regressou o desleixo.
Mas se calhar foi coincidência e é só a minha má língua a falar...

Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
pergunta ao zé sá,
o homem sabe tudo,
anda a competir com o google,
,
"pirosa" bandeira do Parque Eduardo VII... ?
esta passou-me !!!
ou é a bandeira da madeira ?
,
conchinhas, frias . . .
,
*

Ana disse...

Poeta:
No consulado Santana Lopes, foi hasteada uma enorme bandeira portuguesa no meio do Parque Eduardo VII.
Era "a maior bandeira de Portugal", segundo se dizia.
Ficou sempre lá, a ondular ao vento, até a Câmara passar para o PS.
Aí, quando entraram pessoas de gostos mais requintados, decidiram arrancar a bandeira.
Um dia destes, teremos, no seu lugar, uma sementeira de bolas luminosas da TMM.
Digo eu.

Abraço (petrificado pelas baixas temperaturas)

Cris Caetano disse...

Que coincidência... a Prefeitura (espertinha... hehe) do Rio é muito parecida com a vossa... Aliás, nosso prefeito, o Sr. Cesar Maia não sai de Lisboa, quase nunca pára por aqui.

Ah...a tal foto? Sumiu. Não me perguntes nada porque nada fiz. Reparei o ocorrido no comentário que fizeste sobre o post da Expo de fotografia. ;)

Beijinhos

Ana disse...

Cris:
SUMIU????
Vou já de jacto ultra-sónico confirmar isso:))))

Beijinho