terça-feira, 5 de maio de 2009

A UNIDADE VITAL

Ainda os festejos do 1º de Maio mal tinham arrefecido e já o Senhor Ministro da Administração Interna baptizava a nova Unidade Especial de Polícia com o nome do vilipendiado herói desse dia.
Foi um gesto bonito.
E muito bem pensado se repararmos que a Unidade Vital irá dedicar-se a "FAZER FRENTE, COM SUCESSO, À CRIMINALIDADE VIOLENTA E GRAVE" (se é violenta, é grave mas compreende-se a ênfase).
E cá temos incluídas, com certeza, as ofensas à integridade física e corrijam-me se estiver errada.

O local foi também criteriosamente escolhido:
A QUINTA DAS ÁGUAS LIVRES só pode ser uma alegoria às águas que fizeram correr, livremente, sobre os ombros do futuro deputado ao Parlamento Europeu.

Que a Unidade Vital integre o GRUPO DE OPERAÇÕES ESPECIAIS, o CORPO DE INTERVENÇÃO e o CENTRO DE INACTIVAÇÃO DE EXPLOSIVOS, é perfeitamente natural e nem merece que vos canse com pormenores fastidiosos ao alcance do entendimento de qualquer cabecinha pensadora.

Agora, quanto ao GRUPO OPERACIONAL CINOTÉCNICO é que o Senhor Ministro vai ter de se explicar melhor, se fizer o favor:
A que virá aqui a canzoada?

*********************************

12 comentários:

Pedro disse...

Ana

Deixa os meninos brincarem à semântica! Eles podem criar dezenas de Unidades, Corpos e quejandos, mas aquilo é tudo na brincadeira. Faz lembrar aquele aviso "Cuidado com o cão!" e não há cão nenhum nem gato. Agora essas coisas são muito fixes para abrir uma vaga de coordenador, director, supervisor, etc. e tal e para apresentar coisas bonitas antes de o Zé Povinho ir às urnas. Quem vive fora da lei continua a poder fazer o seu ´"trabalhinho", pois as leis e as normas processuais continuam de feição ao seu "santo ofício".
E para quê mais? O povo é serno! A fumaça é que é muita! Faz cá uma tossiqueira!

Maria disse...

Canzoada e não só Ana...
E depois aquela coisa só levou com uns borrifos, que até agradeceu porque o dia estava quente...
Será que chamar traidor ou filho da mãe dele a um tipo é considerada "criminalidade violenta e grave"?
Temo que sim...

Beijinho, Ana

Cris Caetano disse...

Quando eu digo que o fuzué valeu pra campanha, ninguém me acredita... já vamos no dia 5 e lá vem agora a palavra "vital" ligada à combate da violência numa outra situação, tudo pra ligar o nome à coisa, ó dó!

Devem pensar que todo mundo é tolinho...eu, hein!

Beijinhos

Luis Eme disse...

até faz sentido, Ana (fora de brincadeiras), são cães especiais, snifadores de coca e de sangue humano, boas para operações de busca de drogas e de salvamento...

beijinho

poetaeusou . . . disse...

*
confio na vitalidade,
por uma vez, do povo !!!
,
sem vitais nem vitalinhos,
,
conchinhas,
,
*

Ana disse...

Pedro,
É, evidentemente, uma mera questão de semântica.
No que diz respeito ao pomposo anúncio do ministro, à respectiva notícia da LUSA e, por arrasto, no aproveitamento que fiz dum título mal escrito.

Contas feitas, eles são os palhaços e nós continuamos a pagar as entradas neste circo sem fim à vista...

Beijinho

Ana disse...

Maria,
A canzoada, aqui, tem muito que se le diga...

Nestes "entusiasmos" de campanha, um insulto só não será englobado na criminalidade violenta porque isso iria estragar as estatísticas ao senhor ministro.

Relax:))))))

Beijinho

Ana disse...

Cris,
Essa minina tá no Brasiu
mas de olho bem aberto, viu?

Eu também acho que a frase "vital para o sucesso" não foi inocente nesta notícia.
Foi talvez metida à pressão e por isso ficou mal alinhavada:)))

Beijinho

Ana disse...

Luís,
Pois, fora de brincadeiras, são uma mais valia para a GNR e para todos nós..
TOU SABENDO!

Mas apeteceu-me gozar com esta mal amanhada notícia, que queres?
Este ministro produz sempre um efeito muito mais perverso do que vital na minha pessoa.
Não há volta a dar...

Beijinho

Ana disse...

Poeta,
"Vitais e Vitalinos todos para o Afganistão já" - era uma boa frase para gritar ao megafone, não era?

Pena que a minha fase comicieira esteja morte e enterrada:)))

Beijinho

Duarte disse...

Venho e saiu informado.
Deduzo pelo aquilo que li, que continuam a pensar que o nosso povo continua com o mesmo coeficiente de preparação de outrora. Já estamos ao dia!
Obrigado pela informação e um grande abraço para ti.

Ana disse...

Duarte,
Os nossos angélicos políticos continuam fazendo de conta que acreditam na estupidez generalizada do cidadão eleitor.

Até quando, eis a questão...

Beijinho, Duarte.