sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

MARTÍRIOS

Finalmente as mulheres iraquianas descobriram a melhor maneira de se equipararem aos homens do seu país, sem recorrerem ao expediente das quotas.
Com estas heroínas, infiéis ou crentes comem todos pela medida grande.
É assim mesmo.
Não há como adoptar um certo radicalismo para chamar a atenção sobre o péssimo hábito que é peregrinar.

A ver se o Senhor Cardeal Patriarca não se põe agora a alertar para os inconvenientes de alguns homens portugueses caírem na asneira de escolher uma muçulmana para dar o nó.
Estas mulheres estão a evoluír com tal rapidez que, qualquer dia, nem se deixam açoitar pelos maridos nem nada.
O que é, convenhamos, deveras embaraçoso para os respectivos.
E é bom ter em conta a hipótese de nos vermos na contingência de também não ser seguro ir peregrinar a Fátima, não vá o diabo (de alguma muçulmana) tecê-las.

A recompensa para estas mártires será encontrarem, depois, no Paraíso, 72 eunucos à sua espera?
Inchalah!

Além do habitual clip de cinema, deixo aqui mais este tema, para meditação de fim de semana.

********************************

12 comentários:

Cris Caetano disse...

E quase isso entra lá no Nuvens hoje, mas decidi-me por uma desgraça nacional, ora essa.

Encafifei e quem irá nos responder? Tenho a mesma questão na minha loira cabecinha... qual é o bônus? Ou serão... (ai que maldade), as suicidas, todas, homossexuais?
Os homossexuais do mundo a fora que me perdoem, mas preciso levantar essa dúvida!!!

Beijinhos

Maria disse...

Percebes agora porque não vou em peregrinações (nem outras coisas) a Fátima....

:)))

Beijinho

tio júlio disse...

Os franceses têm uma expressão curiosa para descrever o (ou aludir ao) acto sexual. Chamam a isso "s'envoyer en l'air", ou seja, atirarem-se ao ar, o que fizeram (literalmente) aquelas mulheres.
É uma maneira como outras de atingir um orgasmo de morte, se é permitida a expressão.
Já essa coisa dos eunucos me parece tendenciosa pois tais criaturas não possuem os atributos indispensáveis à prestação dos serviços mínimos.
Posto isto, cada um atira-se ao ar como entende e eunuco defendi o contrário...

Ana disse...

Cris:
As desgraças nacionais, sempre em primeiro lugar!

Essa tua dúvida prova bem como és uma rematada "infiel".
O Corão proíbe tanto os relacionamentos com pessoas do mesmo sexo, como com animais domésticos. Ainda hei-de voltar a postar umas leis do livrinho verde do Ayattolah Khomeini, que guardo religiosamente.
E que é muuuuito esclarecedor...

Beijinho

Ana disse...

Maria:
Bem, agora ficou tudo claro como água.
Fazes tu muito bem, que o seguro morreu de velho...

Beijinho

Ana disse...

Tio Júlio:
Nesta vida estamos sempre a aprender.
No caso em apreço, particularidades da língua francesa.

Não deixa de ser curioso que, nos primeiros tempos do "ECOS", tendo escrito um post sobre atentados terroristas, tivesse terminado com uma frase que era (mais ou menos):
"Deve haver maneiras mais fáceis de se atingir um orgasmo, sem ser a puxar um cordão"...

Já nessa altura a minha língua era afiada. Defeito que há-de morrer comigo.

Quanto aos eunucos, referi-os justamente por não poderem "assegurar os serviços mínimos"...
O Corão não foi escrito por mulheres, não é verdade?

Abraço

Ze_Cuscopos disse...

Cara vizinha Ana,

Se me prometerem, no pós-vida, um Paraíso Vínico sem fim eu...

Bebo mais um bocado, enquanto parto o carolo a rir!

Essa coisa da igualdade entre os sexos é mesmo de morte...

Hic Hic Hurra

Ana disse...

Caro Zé:
Mas elas persistem. Relativamente à igualdade dos sexos...não deixam o seu crédito, ou o cordão (ou o cordão de crédito) por mãos alheias.

À sua!

poetaeusou . . . disse...

*
não há nenhuma deputada
que plagie esta muçulmana.
no seu local de trabalho ???
srsrsrsr,
,
conchinhas
do S.Bento da Porta Aberta,
,
*

Ana disse...

Poeta:
Mas que radicalismo!!!
Só estou a ver uma (e é minha homónima) mas essa levava o Parlamento Europeu para o paraíso...

Abraço (escandalizado)

Red Eagle disse...

Não podem ser 72 eunucos, porque os eunucos são sem fruta pendurada...

Red Eagle disse...

Talvez 72 rapazitos de origem africana...