segunda-feira, 4 de outubro de 2010

A REPÚBLICA DE ESPERANÇAS


"I'm a Barbie girl
In a Barbie world
Life in plastic
Is fantastic!"

Provavelmente, no Portugal de plástico a que já se referia Alexandre O' Neill, o indicado é que a República passe de facto a ser representada por uma boneca destas, seja ou não da Mattel.
.
Entretanto, no meio de tanta publicidade que nos entra pela casa , haverá quem se ponha a matutar:
A alegada figura vai representar a República Portuguesa ou o Millennium/BCP, do qual ""vale a pena ser cliente frequente"?
"A vida inspira-nos"- declara ali a nossa Barbie ( ou a nossa República, já nem sei bem), em alvo ambiente, brindando-nos com um sorriso tentador.
.
Mas não há motivo para sobressaltos.
Como já é hábito ouvir-se noutras cicunstâncias, o que a "República" faz fora do horário de serviço, é lá com ela, ninguém tem nada com isso.
Durante o seu merecido descanso, sempre poderá aproveitar para ganhar algum.
Verdade?
.
Ainda assim, aposto que, a estas horas, já anda muita gente a cortar-lhe na casaca e a rosnar em surdina:
-"E se tu fosses para o Carrilho?"
.
O que só prova como a inveja campeia à solta por aí.
.
************************************

20 comentários:

Cris Caetano disse...

Hmmmm... já é a segunda vez que leio a palavra "República" hoje, aí tem. Aqui, como não passou nada, fiquei boiando. :)

Beijinhos

Luis Eme disse...

esperanças que não são para todos...

aliás são para cada vez menos, mas deve dar jeito nestas alturas ter um cérebro de "plástico", Ana.

beijinho

Anónimo disse...

Esta República é bem gira... e tu não perdes pitada!!!

Beijinho, Ana.
Maria

Cris Caetano disse...

Ah... o feriado... tá, me achei! ;)

Beijinhos

Pedro disse...

Ana


República, dinheiro, banqueiros e barbies sempre rimaram muito bem entre si. Daí que levaram a água seu moinho que, no entanto, hoje é apenas uma feia ruína.
De resto, fiquei muito contente com o teu regresso que faz valer a pena andar por cá pela blogosfera.

Beijinho do teu amigo
Pedro

Ana disse...

Cris
Lá que tem, tem, hehehe...
:))))

Beijinho

Ana disse...

Luis
Parece-me que cada vez existem mais figurinhas feitas todas de plástico, moldado a pedido.
E cérebros da mesma matéria, obviamente.
Uma espécie de avatares em vez de pessoas reais...
Não duvido nada de que assim a vida lhes corra às mil maravilhas.
A angústia só aflige quem pensa, Luis...

Beijinho

Ana disse...

Anónima Maria
Atão tu agora és fã da Barbie?
Antes a Cindy que era menos sofisticada :)))

Beijinho

Ana disse...

Cris
Ai esta gente jovem que só pensa nos feriados...

É o centenário da República. Por isso a palavra se ouve, aqui, de manhã à noite.

Beijinho

Ana disse...

Pedro
Tens toda a razão.
Agora andam a comemorar mesmo quando não há dinheiro para mandar cantar um cego.
Quem paga a conta são sempre os mesmos.
E o último a saír que apague a luz.

Lá me saíram 3 chavões seguidos...
Mas a paciência já é pouca.

És um querido, tu, infelizmente para voltar a andar por aqui, preciso de fazer um esforço enorme, já que a inspiração parece ter ido dar uma curva. Sinto-o todos os dias.

Beijinho

Cris Caetano disse...

hahaha

Também, Ana e muito!!!

Beijinhos

Red Eagle disse...

Está excelente o teu post...

Saudações Chaladas

Ana disse...

E quem não gosta, Cris?

Beijinho

Ana disse...

Red Eagle
Que seria de mim sem estas almas caridosas?

Beijinho

Duarte disse...

Desculpa-me pela reiteração, mas vir aqui é aprender, é estar ao dia.
A tua exposição do assunto é didáctica, mas se não se anda ao dia certos matizes escapam. Menos mal que os demais comentários ajudam na captação.
As figuras feitas para o momento podem induzir na aceitação mas despis é que vem o desconsolo, aquilo era de barro, bom, hoje é quase tudo de plástico. E recordo a Caverna de Saramago.

Um grande abraço e a minha admiração

Ana disse...

Duarte
Para quem, como tu, se encontra fora de Portugal, muitos dos meus postes poderão parecer enigmas...
Mas tu lá acabas por chegar aonde é preciso...
Obrigada pela boa vontade.

Beijinho

poetaeusou . . . disse...

*
vamos ter um Carrilhinho ?
ando desactualizado . . .
hummmmm
ora bem Sherlock Holmes,
ora bem Sherlock Holmes,
ahhhhhhh . . . .
elementar meu caro Watson,
as Esperanças é o motivo,
porque o Carrilhão, foi demitido
de Embaixador da UNESCO.
srsrsr,
(um abraço Sr. Filósofo)
,
conchinhas serenas,
deixo,
,
*

Ana disse...

Poeta Holmes
Quem vem lá é uma carrilhinha, dizem as más línguas.
E o carrilhão, com aquele mau feitio, ainda acaba a tinir...

Beijinho

João disse...

Caríssim'Ana,

Se a menina representa a figura da República e esta já leva 100 primaveras em cima, será que andam a passar-lhe as rugas a ferro?

Na verdade, o Portugal de hoje já nem de plástico é (pobre O'Neill, que estás desactualizado), pois até esse foi vendido ao desbarato aos grandes financiadores externos da dívida pública.

E se as coisas continuam assim, ainda teremos de vender o nosso Carrilhão (não o cabeça sem vento do marido da República, mas o do Convento de Mafra)!

Favor não esquecer, no entanto, que o carrilhão é, como sabemos, um instrumento de percu... aaaatchimmmm... perdão, percu.... aaaaaaatchimmmmm... lamento de novo... percu... aaaaaaaaaaatchimmmmmmmm.... ai, ai, ai...(a fungar), maldita constipação que não me deixa escrever decentemente a palavra percussão!!!

Beijinhos...

Ana disse...

Meu caro João
Que triste me deixa com essas notícias sobre o Carrilhão!
O de Mafra, evidentemente!!!

Se bem que, tendo-me chegado às mãos a tão falada lista dos 127 (e não 200 como dizia o outro) verifico que efectivamente lá figura o Carrilhão.
O de Mafra, entenda-se!

Beijinho