quarta-feira, 28 de abril de 2010

AREIA

E não é que entrou um grãozinho de areia na engrenagem?
Para ser franca, mais do que um.

Lá vou ter que parar novamente o relógio aqui da loja.
Espero que a pausa não seja longa senão é desta que perco a freguesia toda...

Até breve!

*****************************************

16 comentários:

Maria disse...

Quem anda na praia corre o risco de levar para casa um grãozinho de areia...

Beijinho, Ana, e volta breve.

Ana disse...

Maria
Grande verdade essa...
Felizmente não apanhei também um grãozinho na asa.
AINDA!

Beijo grande.

Duarte disse...

Oxalá que possas liberar-te dessas engrenagens (tão bem conseguidas) quase a gripar e poder fazer que tudo role às mil maravilhas.
Expectante fico com os braços abertos

Luis Eme disse...

não perdes nada...

beijinho Ana e volta

Red Eagle disse...

Vê se regressas depressa...

Saudações Chaladas

Ana disse...

Duarte
Quem me dera...
Vamos a ver.

Beijinho

Ana disse...

Luis
Actualmente o panorama noticioso anda tão, TÃO deprimente que quase já nem ligo a televisão.

Beijinho

Ana disse...

Red Eagle
Depressa, não sei. Mas regresso.

Beijinho

poetaeusou . . . disse...

*
é como meter um
pauzinho na engrenagem,
,
conchinhas
,
*

Ana disse...

Poeta
Pois é.
Obriga a uma paragem. Espero que não seja demorada...

Beijinho

Cris Caetano disse...

Oh... e eu crente, crente que ias falar dos gravadores metidos dentro do bolso. :)

Beijinho e volta rápido.

Ana disse...

Ai, Cris, agora fizeste-me dar uma gargalhada!
O que foi muito bom, note-se!

Vamos a ver se os ventos que sopram fortes por cá me levam a areia para longe da engrenagem...

Beijinho

Ze_Cuscopos disse...

Cara Ana,

Acaso fosse um curandeiro (só me consigo curar, e mal, das ressacas), ainda lhe receitaria umas sopinhas de cavalo cansado para animar.

É que a areia é arrastada pelo líquido para longe da engrenagem...

Ainda assim, espero que em breve a possamos ler em todo o seu esplendor aqui no Pedras.

Nós gostamos e precisamos!

Fica um enorme beijinho.

Hic Hic Hurra

Ana disse...

Caro vizinho Zé
Tenho seguido o seu conselho e agora estou aguardando os resultados.
Entretanto o meu humor anda assim a modos que "abaixo de cão".
Sem desprimor para o cão.

Um beijinho e À SUA!

O Profeta disse...

Hoje ofereci as cores da minha paleta
A uma amiga na sua dor
Ouvi seu choro ao meu ouvido
No fatalismo do desamor

Hoje o sono acordou-me
A nostalgia agitou suas asas cinzentas
Esqueci no acordar o ultimo abraço
E contei as nuvens que eram tantas


Doce beijo

Ana disse...

A O Profeta,
Muito obrigada pelas palavras aqui colocadas.
Fiquei sensibilizada.

Um beijinho.